História

A Associação Brasileira de Produtores de Soja, incialmente chamada de Abrasoja, foi fundada em 11 de março de 1990 por iniciativa de produtores de diferentes regiões do Brasil diante de um período de dificuldades enfrentadas pelo setor, o que levou a entidade a lançar o documento “Alerta à Nação”, na qual defendia a renegociação das dívidas dos produtores e a valorização do setor.

A entidade foi renomeada em 2001 para Aprosoja e, em 2004, tornou-se definitivamente a Aprosoja Brasil, embora sua atividade estivesse restrita a poucos produtores.

Com o surgimento da Aprosoja Mato Grosso em 2005 e a expansão da produção na região Centro-Oeste, a Aprosoja Brasil foi resgatada em 2007 e voltou a liderar as principais agendas dos produtores de soja em todo o país.

Entre eles, destacamos o trabalho relacionado à renegociação de dívidas dos produtores rurais, a aprovação de nova legislação ambiental e a melhoria da infraestrutura de transporte para o fluxo da produção agrícola.

Além disso, a entidade teve um papel fundamental no fortalecimento da Frente Parlamentar Agropecuária (APF) e na criação da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Soja, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Durante esses anos, com pragmatismo e profissionalismo, responsabilidade e compromisso com a sustentabilidade da soja nacional, a entidade ganhou um espaço especial na representação de produtores de diferentes regiões do país.

Linha do tempo:

1990 – Aprosoja Brasil

2005 – Aprosoja – MT

2007 – Aprosoja – MS, PI, BA, RS e PA

2008 – Reestruturação da FPA

2009 – Aprosoja – RO

2013 – Aprosoja – PR, GO, MA e TO

2014 – Aprosoja – SC

2015 – Aprosoja – AP, RR

2017 – Aprosoja – SP

2018 – Aprosoja – MG